sexta-feira, 17 de setembro de 2010

QUEM APAGOU A LUZ DA IGREJA DE OLHO D'AGUA DO CHAPEU?

                  Foto em repudio a atitude truculenta.
            Aqui já com a energia cedida pelo amigo Bastião.

Pergunta que não quer calar, quem apagou a luz da igreja? Será que a luz da igrejinha foi apagada pela pessoa que tocou o dedo no interruptor, ou ainda foi à ordem de quem mandava na comunidade? É claro que você não está entendendo nada, explico ontem (16) o vereador Geraldo Veríssimo com Rayure chegando à comunidade de Olho D'água do Chapéu, com alguns amigos para falar ao povo daquela comunidade, subitamente alguém apagou a luz externa da igrejinha, se configurando uma atitude, mesquinha deselegante, e acima de tudo, um contra censo com o que prega a religião. Para entendermos estas atitudes, basta compreender que estes energúmenos, ainda não entenderam a mensagem do desenvolvimento, e do progresso, e que o atraso acabou no ano de 2008, aconselho esta pessoa se confessar a um padre de verdade, para pedir perdão e mudar de atitude.

Um comentário:

  1. Idelfonso Farias, espero que esteja tudo bem com você e familia!
    Aqui em Regomoleiro III fomos tambem vitimas destas ações deploraveis e muleques que já ficaram prá traz desde 2008.
    Na ultima carreata do governador Ibere junto com candidatos e lideranças do prefeito Jaime Calado, havia uma grande concentração popular na praça Igor Bruno em Regomoleiro III para recepicionar os candidatos de Lula. Quando a grande carreata aproximava-se da multidão que os esperavam, eis que algum moleque a mando de algum(a) canalha, apagaram a iluminação de toda praça. Eles conseguiram apagar as luzes, más a manifestação do povo que aguardavam ver e dizer sim a Ibere isso não foi possivel.
    Me solidarizo a todos vocês que foram vitimas desta falta de escruplo!

    ResponderExcluir

TEREZINHA MAIA ESTEVE COM OS AMIGOS DA IMPRENSA NA CASA DO AMIGO PAULÃO DO BEM.

 Manhã descontraída na casa de Paulão do Bem, com presença ilustre de nossa amiga Terezinha Maia Ontem por ocasião do café d...