terça-feira, 7 de outubro de 2014

O ESPELHO DAS URNAS NÃO REFLETIRAM OS VOTOS DOS CAVALCANTI E FERNANDES.

O ESPELHO DAS URNAS NÃO REFLETIRAM OS VOTOS DOS CAVALCANTI E FERNANDES.

Cada eleição nos remete a reflexão, passada a eleição e com o resultado das urnas postos nas publicações, temos como fazer alguns levantamentos, em São Gonçalo que não perdoa mata, o espelho das urnas não refletiu a cara dos Cavalcanti nem dos Fernandes. O mentor intelectual do consorcio que foi formado contra a candidatura da Dra. Zenaide, teve uma votação para federal de Rafael Mota, mas, mostraram claramente que os Cavalcanti se acabaram politicamente, basta entender que os votos dados a Raimundo Fernandes foram dados por Nonato Queiroz e Nino, enquanto que o campeão de votos para a assembleia legislativa deputado Ricardo Mota, que contava com o apoio de Alexandre Cavalcanti, Jarbas Cavalcanti, Gadelha, José Targino e Dr. Cleanto, não obteve mais de 1.058 votos, se configurando assim o fim dos Cavalcanti no município.

No caso de Rafael Mota, a votação obtida credita-se ao consorcio elaborado por Alexandre Cavalcanti, que obteve 3.307 votos, isso se creditando a maior votação para Nino e Nonato que juntos deram uma votação de 1.712 votos a Raimundo Fernandes, deixando clara a votação dos vereadores, fato que nos deixa mais clara a decadência política do grupo que já liderou a política no município, quanto aos Fernandes o declive foi ainda maior, basta cruzar os votos dados a Sandra Rosado por Tarcísio e Tereza e família apenas 410 votos, enquanto que Gustavo Carvalho recebeu uma votação de 1.139 votos que na sua maioria foram creditados a influencia de Luiz Almir e Sargento Alexandre. No caso a analise, mostra claramente que duas famílias tradicionais deixam claramente que a liderança acabou politicamente, Cavalcanti e Fernandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEREZINHA MAIA ESTEVE COM OS AMIGOS DA IMPRENSA NA CASA DO AMIGO PAULÃO DO BEM.

 Manhã descontraída na casa de Paulão do Bem, com presença ilustre de nossa amiga Terezinha Maia Ontem por ocasião do café d...